Atividade Física, Atletas, Atletismo, AVC, Área da Saúde, Bem estar, Biomecânica, Coluna Vertebral, Corpo, Derrame, Dor, Esporte de Alto Rendimento, Exercícios, Fisioterapia, Fisioterapia Esportiva, Fisioterapia Neurológica, Fotos, health, Idoso, Inflamação, Medicina, Medicina Esportiva, Neurologia, omt, Osteopathic, osteopathy, Osteopatia, pain, Pesquisas, Qualidade de vida, Reabilitação, Reabilitação Neurológica, Saúde, Saúde do Idoso, Terapia Manual, terapias Manuales

Desidratação Discal


Siga o instagram https://instagram.com/prof.fredericomeirelles?igshid=tmuc9vwhkbq

Você sabia que de manhã, ao acordar, somos mais altos do que a noite quando vamos dormir? É fisiológico. O disco se desidrata durante o dia, mas à noite, quando deitamos, aliviamos as forças compressivas e o disco se reidrata.

OBS: Importância de boas horas de sono!!!

A desidratação discal é um achado relativamente frequente em laudos de Ressonância Nuclear Magnética (RNM).

Disc degeneration

Veja na imagem acima a diferença de cor entre um disco sadio e um disco desidratado (seta).

Conceitualmente, por pura lógica, o disco intervertebral está desidratado, ou seja, com pouca agua para manter suas funções principais.

O que nos interessa esta informação? Como interpretar este achado? Gera dor? É importante? Tem cura?

Antes, devemos entender a fisiologia do disco intervertebral para que possamos interpretar corretamente este achado. Veja um resumo sobre a função do disco intervertebral em: https://fredericomeirelles.com/2011/07/14/disco-intervertebral-anel-fibroso-e-nucleo-pulposo/.

Após ler o artigo acima, e entender sobre o assunto, podemos chegar a uma conclusão:

Se o disco é hidrófilo, ou seja, tem a capacidade física de absorver água, e esta função está prejudicada, alguns problemas estão acontecendo e a função do disco está sendo prejudicada (relação estrutura x função).

O que acontece para o disco ficar desidratado?

Existem algumas células responsáveis pela hidratação do disco intervertebral e cartilagens articulares:

Proteoglicanos e glicosaminoglicanos, que tem uma função importante em nosso corpo. Veja explicação abaixo:

Proteoglicanos são proteínas extracelulares ligadas a glicosaminoglicanos (estruturas que possuem um dos açúcares aminados e normalmente sulfatados). Os glicosaminoglicanos possuem alta quantidade de carga negativa, e por isso acabam atraindo uma nuvem de cátions, onde o mais atraído é o sódio que traz com ele moléculas de água. Essa capacidade dos glicosaminoglicanos de atrair cátions e água, confere aos proteoglicanos a função de dar a matriz extracelular uma característica hidratada. Além disso os proteoglicanos têm a função de dar rigidez a matriz, resistindo à compressão e preenchendo espaços. (retirado de: http://pt.wikipedia.org)

Na degeneração discal, estas células começam a morrer, fazendo com que o disco fique desidratado. A desidratação discal, apesar de inicialmente não gerar dor, é um sinal de que a região está sofrendo. Com menos capacidade de reter água, o disco não consegue absorver as cargas corretamente, facilitando ainda mais o aparecimento de protrusões e hérnias discais. É muito comum que o disco protruido ou herniado também esteja desidratado. Isso faz parte da gênese da hérnia discal. Podemos deduzir que, se a sobrecarga geradora da desidratação discal continuar ocorrendo, é de se esperar uma aparição de uma protrusão ou, até mesmo, uma herniação discal.

O que fazer?

Antes de tudo, você deve procurar um profissional habilitado para interpretar estes sintomas e utilizar para o raciocínio clínico.

O tratamento deve ser baseado em buscar o que está sobrecarregando esta região.

O Osteopata interpreta estes dados e estimula nosso corpo a buscar seu equilíbrio.

Atenciosamente,

Prof. Frederico Meirelles, C. O.

17 comentários em “Desidratação Discal”


  1. https://polldaddy.com/js/rating/rating.jsOlá! Há dois anos fui diagnosticada com protrusão discal na L4 e L5. As dores eram insuportáveis. De início procurei um ortopedista que após ressonância magnética me recomendou cirurgia. Procurei uma segunda opinião e fui a um neurocirurgião especialista em cabeça e coluna e com ele foi diferente. Recomendou iniciar um tratamento convencional com pilates três vezes por semana para ver. Deu certo. A dor diminuiu muito e hoje tenho uma melhor qualidade de vida. Enquanto não sentir dor continuarei com o pilates como método de tratamento. Gostaria de saber se uma gravidez pioraria o meu caso.

  2. Bom dia, gostei bastante da página e gostaria de saber sobre estudos do uso da aloina para reidratação do disco intervertebral.

  3. Boa noite Dr Frederico Meirelles, depois de uma anestesia na coluna, fiquei com trauma anestésico e o Anestesista me solicitou a ressonância lombar e acusou desidratação da L4 e L5 o Dr acha que foi devido essa desidratação que deu o trauma anestésico?

    Att,

    Cice Meirelles

  4. Tenho 34 anos. Passei um bom tempo sentindo fortes dores na minha perna direita.principalmente na parte do tornozelo. Além. De ficar muito inchada. Hoje sinto muitas dores na coluna o dia inteiro.

  5. Olá Valéria,
    Eles morrem porque ocorrem microlesões cartilaginosas na cartilagem que une o disco vertebral ao corpo vertebral. Isso leva a uma diminuição da nutrição discal, ja que esta é a maneira que o disco se nutre.
    Att,
    Frederico Meirelles.

  6. não aguento mais dinto muitas dores 70% do dia com dores na coluna, já nao sei o que fazer espondilose na c5a c7 desidratação discal na t2 e muitas dores na região lombar no fim da coluna as vezes parace que eu tomo um choque , sinto formigamento e dormencia na perna no periodo noturno

  7. SOU TÉCNICO DE ENFERMAGEM E TRATO DE UMA PESSOA DO SEXO FEMININO, NASCIDA EM 20/12/1975, CANCÊR DE COLO DE ÚTERO, SEM RETIRADA DO MESMO, METASTASE OSSEA EM L4, ESTABILIZADA. DESCOBERTA DO CA EM 2003+OU-, QUEIMADURA E COMPROMETIMENTO DO RIM ESQUERDO POR RADIOTERAPIA, PEDRAS NOS RINS, FEITO TTO COM BICARBONATO DE SÓDIO A 5% SEGUINDO INDICAÇÃO DE SEGUIDORES DO DR. TULIO SIMONCINE(MÉDICO ITALIANO) COM GRANDE MELHORA DO QUADRO DE DOR E DO AVANÇA DO CA, COM ESTABILIZAÇÃO E SOMENTE MANUTENÇÃO POR VÁRIOS MESES, APÓS PARADA DO TTO COM BS, RETORNO DO QUADRO DE DOR COM PIORA ACENTUADA, APARECEU DOIS “GANGLIOS” UM EM CADA PERNA NA JUNÇÃO DO JOELHO SEM PROBLEMAS DE VASCULARIZAÇÃO, FEITO RNM E DIAGNOSTICADO “DESIDRATAÇÃO OSSÉA EM COLUNA DISCAL” MELHORA DA DOR COM DEXA CITANEURIM, COM MELHORA DO QUADRO DE DOR, AO PARA O TTO COM DC, ENRIGECIMENTO DA PERNA, COM PIORA DA PERNA DIREITA QUE DEIXOU DE DOBRAR, EXISTE EM SANTOS, BAIXADA SANTISTA OU SÃO PAULO, LOCAL ONDE PODE SER TRATADO ESTA DESIDRATAÇÃO? POR FAVOR, NÃO ME DEIXE SEM NOTICIAS.
    ATENCIOSAMENTE.
    JAIR FAGUNDES SILVA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s